[email protected]

cropped-logo-1
Pesquisar

Secom do Governo do AM fecha contrato milionário com agencia de publicidade que já foi alvo da PF em Manaus

Foto: divulgação

A Digital Comunicação Ltda, uma agência de publicidade que já foi alvo de uma operação da Polícia Federal (PF), fechou um contrato milionário com a Secretaria de Comunicação Social (Secom-AM) do governo do Amazonas. Segundo informações disponíveis no portal da transparência do governo do Amazonas, o contrato está avaliado em R$133 milhões e também inclui a participação das agências Mene & Portella, Kintaw Design e Publicidade e View 360. Cada uma dessas agências receberá a quantia de R$33,25 milhões para prestar serviços de publicidade das ações institucionais do órgão/corporação em programas de televisão, rádio ou internet.

A Digital Comunicação Ltda é de propriedade do empresário Antônio Fernandes Barros Lima Júnior, que também é dono do grupo ‘Onda Digital’. A agência foi alvo da operação ‘Amor Fantasma’, realizada em novembro de 2022, que teve como objetivo reprimir possíveis crimes de caixa 2 eleitoral, de acordo com os artigos 350 e 354-A da Lei 4.737/1965 (Código Eleitoral).

Essa operação teve como foco Adriana Mendonça (Pros), ex-esposa do vice-governador Henrique Oliveira, que concorreu ao cargo de deputada federal nas eleições de 2022 com recursos milionários, mas não foi eleita. Segundo a PF, dos R$3 milhões recebidos do fundo partidário, a mulher teria destinado um total de R$1,5 milhão a três empresas das quais Antônio Barros Júnior é sócio em comum.

Durante a operação, os agentes cumpriram cinco mandados de busca e apreensão de celulares dos envolvidos, computadores e documentos, inclusive realizando essas buscas e apreensões nas sedes das empresas de Júnior. Na época, as empresas divulgaram nota afirmando os serviços prestados podem ser comprovados “mediante notas fiscais emitidas pelas empresas em nome da coligação, com o recolhimento dos impostos devidos”.

Esse contrato milionário firmado entre o governo do Amazonas e a agência Digital Comunicação Ltda levanta questionamentos sobre a contratação de uma empresa que está sob investigação da Polícia Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *