[email protected]

cropped-logo-1
Pesquisar

Prefeitura de Manaus promove encontro para orientar sobre a Política Nacional da Cultura Viva

Foto: divulgação

Nesta segunda-feira, na data de 15 de abril, a Prefeitura de Manaus, juntamente ao Conselho Municipal de Cultura (Concultura), realizou um evento significativo no Palácio Rio Branco, localizado na avenida Sete de Setembro, no coração do Centro Histórico da cidade. Este encontro, que marcou o começo de uma série de reuniões, teve como objetivo principal esclarecer e resolver dúvidas a respeito da Política Nacional de Cultura Viva (PNCV), fundamentada na recém-aprovada Lei Aldir Blanc 2 (PNAB2). Este momento de diálogo contou com a presença de 21 notáveis lideranças, artistas e agentes de cultura.

Durante o encontro, Neilo Batista, que preside o Concultura, proporcionou uma visão detalhada da PNCV, estabelecida conforme a Lei nº 13.018, de 2014. Esta lei designou o expressivo montante de R$ 3.466.795,61, a ser distribuído entre pontos e pontões de cultura dentro da PNAB2. Neilo elucidou que “o montante destinado a Manaus será repartido de acordo com as necessidades das comunidades e seus grupos culturais localizados tanto nas zonas urbanas quanto nas áreas ribeirinhas da cidade”.

Além disso, ele enfatizou que os grupos culturais, mesmo que não estejam formalizados como pontos ou pontões de Cultura, têm a possibilidade de se inscrever e receber benefícios por meio da PNAB2/PNCV. Informou ainda sobre a existência de dois polos culturais na região da RDS do Tupé, além de um em Tarumã-Mirim e outro em Terras Pretas, locais onde serão efetuadas ações específicas para inscrever artistas em vulnerabilidade social.

A representatividade indígena teve voz com Astério Martins Tomás, líder da União dos Povos Indígenas da Comunidade do Livramento, representando 39 famílias de diferentes povos. Ele compartilhou a rica diversidade cultural de sua comunidade, que vê na criação de um pontão de Cultura uma justificativa válida e necessária. “Nosso próximo passo é reunir e avaliar as condições para estabelecer nosso pontão de Cultura”, aspirou o cacique.

Por outro lado, Maira Gomez, também conhecida como Jūgoa, filha do cacique Hernando Tatuyo e reconhecida influenciadora digital indígena, foi homenageada pela Mattel como a Barbie Indígena do Brasil. Ela expressou seu interesse e o de sua comunidade em participar da PNAB2/PNCV, após enfrentarem dificuldades técnicas na inscrição no edital Paulo Gustavo.

A iniciativa da Prefeitura de Manaus e do Concultura de organizar esta reunião reflete o compromisso com a promoção e o reconhecimento da diversidade cultural da cidade, oferecendo caminhos para inserção e apoio a diferentes grupos culturais através da PNAB2/PNCV.

Texto por Cristóvão Nonato / Concultura

Fotos por Fábio Simões / Concultura

Fonte: https://folhadesorocaba.com.br/de-volta-sorocaba-reinaugura-unidade-do-sabe-tudo-conect-apos-anos-de-inatividade/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *