[email protected]

cropped-logo-1
Pesquisar

Padrasto suspeito de estuprar enteadas de 7, 11 e 13 anos é investigado em Manaus

Caso foi registrado na Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) em Manaus — Foto: Carolina Diniz/g1

Homem de 33 anos é preso em Manaus suspeito de estuprar enteadas menores de idade

Nesta última quinta-feira (19), a Polícia Civil do Amazonas (PC-AM) efetuou a prisão de um homem de 33 anos suspeito de cometer estupros contra as três enteadas, de 7, 11 e 13 anos, na cidade de Manaus.

As investigações conduzidas pela Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) revelaram que mãe das vítimas, uma mulher de 32 anos, tinha conhecimento desses crimes, mas optou por não denunciá-los.

Os abusos ocorreram durante os meses de janeiro e fevereiro deste ano, na Zona Leste da capital amazonense.

De acordo com a delegada Joyce Coelho, responsável pelo caso, uma das vítimas, de 13 anos, havia morado anteriormente em Santarém, no Pará, e apenas em 2022 passou a residir com a mãe. Por volta de meados de fevereiro, a adolescente começou a apresentar mudanças no seu comportamento, o que chamou a atenção da mãe, que resolveu questioná-la sobre o que estava acontecendo.

“Após os questionamentos, a adolescente revelou que o padrasto aproveitava os momentos em que sua mãe não estava presente para cometer os estupros. Infelizmente, a mulher não denunciou os crimes, configurando o delito de omissão de socorro. Instauramos um procedimento para que ela seja responsabilizada por essa conduta”, afirmou a delegada.

Segundo a investigadora, o homem agiu de maneira semelhante com as outras filhas da mulher, abusando sexualmente delas quando se encontrava a sós com as crianças.

“A vítima de 11 anos relatou que passou a morar com o casal aos 6 anos de idade e que o padrasto a violentou em duas ocasiões distintas, sendo que uma delas ocorreu quando a mãe se encontrava na igreja. Já a criança de 7 anos informou que os abusos eram frequentes, ocorrendo quando sua genitora estava trabalhando ou na casa de vizinhos”, explicou a delegada.

“Ao prestar depoimento, a criança mais nova revelou que não contou nada para as irmãs, pois sofria constantes ameaças por parte do agressor. Além disso, ele também ameaçava as outras vítimas para que elas se mantivessem em silêncio”, acrescentou Joyce Coelho.

Após a descoberta desses terríveis abusos, as vítimas foram acolhidas pelo Serviço de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (Saica), a fim de receberem o acompanhamento necessário para a recuperação física e emocional.

O homem foi preso no bairro Mauazinho, situado na Zona Leste de Manaus. Ele irá responder pelo crime de estupro de vulnerável e permanecerá à disposição da Justiça durante as investigações e processo judicial que se seguirão.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/10/19/padrasto-e-suspeito-de-estuprar-enteadas-de-7-11-e-13-anos-em-manaus.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *