[email protected]

cropped-logo-1
Pesquisar

Jovem é brutalmente assassinada por dívida com traficantes no interior do Amazonas

Foto: divulgação

Brasil – Na última segunda-feira (15/1), a Polícia Civil da 68ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Itamarati, a 985 quilômetros de Manaus, divulgou a prisão da dupla indetificada como Peruano Martin, de 20 anos, e Jheike Pereira de Souza, de 31 anos. Ambos são acusados pelos crimes de estupro, homicídio qualificado e ocultação de cadáver da jovem Gercivane Gomes de Freitas, de 25 anos, ocorridos em 30 de dezembro de 2023.

Segundo as autoridades policiais, o crime foi meticulosamente premeditado pela dupla. Os suspeitos avistaram a vítima em uma praça da cidade, convencendo-a a segui-los até a residência de um deles. No local, Gercivane foi brutalmente estrangulada e morta, supostamente em decorrência de uma dívida de R$ 250 relacionada a drogas.

Os criminosos, então, envolveram o corpo em um lençol e uma capa de colchão, camuflando-o com mato seco e ocultando-o sob um trapiche. O cadáver foi descoberto dias depois, em estado avançado de decomposição, apresentando sinais de tortura e violência sexual, com as mãos e pés amarrados.

A crueldade do assassinato abalou a comunidade local, que se viu perplexa diante da brutalidade do crime. Durante as investigações, testemunhas cruciais foram ouvidas, e familiares dos suspeitos reconheceram o lençol que cobria o corpo da vítima. Com base nos indícios robustos de autoria e materialidade, a Justiça determinou a prisão de Peruano Martin e Jheike Pereira de Souza.

Os acusados enfrentarão graves acusações de estupro, homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Permanecem sob custódia, aguardando os desdobramentos legais do caso perante a Justiça. O ocorrido deixa um rastro de horror e indignação, ressaltando a necessidade de uma resposta firme e justa para crimes tão atrozes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *