[email protected]

cropped-logo-1
Pesquisar

Duplo homicídio ocorre em frente a clube privado na Zona Norte de São Paulo

Gabriel Henrique Dourado de 29 anos, morava há um mês em Portugal e trabalhava como entregador — Foto: Arquivo pessoal

Familiares e amigos do jovem amazonense Gabriel Francisco Dourado estão mobilizados em uma campanha online para trazer seu corpo de volta ao Brasil, após ele ter falecido em um trágico acidente de trânsito em Portugal. Gabriel, de 29 anos, e sua esposa Jackline Soares, de 32 anos, haviam se mudado recentemente para a cidade de Costa Caparica em busca de melhores oportunidades.

Gabriel trabalhava como entregador por aplicativo e foi vítima de um acidente de trânsito na noite de sexta-feira, na avenida Azeitão N10, em Costa Caparica. Preocupada com o atraso dele, Jackline tentou entrar em contato, mas não obteve êxito. No sábado de manhã, ela mobilizou outras pessoas para procurá-lo e descobriu através da Guarda Nacional Republicana (GNR) que Gabriel havia sido encontrado sem identificação, pois seu celular ficou destruído no acidente. A testemunha afirmou que uma mulher invadiu a contramão e colidiu com a moto de Gabriel.

Até o momento, a esposa da vítima não possui muitos detalhes sobre o acidente, pois é necessário pagar para ter acesso ao Boletim de Ocorrência em Portugal. Além disso, o restaurante onde Gabriel trabalhava também não a informou sobre o acidente, mesmo a polícia tendo notificado-os devido ao uniforme que ele usava.

Gabriel tinha o sonho de juntar dinheiro para trazer seu pai para visitá-lo em Portugal. Ele estava feliz com essa nova fase de sua vida, mas infelizmente, seu sonho foi interrompido. Agora, a família e os amigos estão se unindo para arrecadar fundos e trazer o corpo de Gabriel de volta ao Brasil, com um valor estimado em 30 mil reais para realizar os procedimentos de translado. As doações estão sendo recebidas na conta da esposa de Gabriel através do Pix.

Até o momento, o Itamaraty não se pronunciou sobre o caso. A família espera contar com o apoio das autoridades para agilizar o processo de repatriação do corpo e superar essa tragédia que abalou a todos.

Fonte: https://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2023/11/20/amazonense-morre-em-acidente-de-moto-em-portugal-e-familia-faz-campanha-para-custear-translado-de-corpo.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *