[email protected]

cropped-logo-1
Pesquisar

Definição do calendário de vacinação contra dengue está prevista para esta semana, anuncia Ministério

Foto: divulgação

O planejamento do cronograma de vacinação contra a dengue será organizado nesta semana pelo Ministério da Saúde, conforme anunciou a ministra Nísia Trindade durante sua visita ao Rio de Janeiro realizada nesta segunda-feira (5). Anteriormente, o governo já havia manifestado que a vacinação, prioritariamente para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, terá início ainda neste mês nos lugares selecionados.

“Estamos focando, neste momento, na faixa etária de 10 a 14 anos nos municípios que nos últimos anos demonstraram apresentar uma maior incidência de dengue. Em particular, nas localidades onde circula mais frequentemente o sorotipo 2 do vírus, fortemente ligado ao surto de dengue observado em várias cidades”, afirmou a ministra.

A vacina é uma ferramenta crucial na batalha contra a dengue, mas seus efeitos não são imediatos, pontuou a ministra. Por essa razão, é de suma importância a erradicação de água parada dentro das casas, pois esta é área de reprodução do mosquito Aedes aegypti, vetor da dengue.

Na visão da ministra, “A vacina será de suma importância para um plano estratégico progressivo para o controle da dengue em longo prazo. Neste momento, por causa do tempo que leva para ser eficaz, não pode ser vista como uma resposta imediata à situação atual”.

Paralelamente à introdução da vacina, estudos serão conduzidos pelo Ministério da Saúde em determinados locais para monitorar a eficácia da imunização.

Nísia Trindade ressaltou que o governo federal está elaborando um plano para aumentar as áreas de liberação de mosquitos Aedes aegypti portadores da bactéria Wolbachia. Esta impede o desenvolvimento dos vírus responsáveis ​​por doenças como dengue, zika e chikungunya dentro do mosquito.

Durante sua visita ao Rio de Janeiro, a ministra inaugurou o primeiro dos dez centros de atendimento planejados para pacientes suspeitos de ter dengue, que serão estabelecidos na cidade até o final desta semana.

Nesses centros, os pacientes poderão se submeter a testes rápidos para detecção da dengue e receber um primeiro atendimento, que inclui a oferta de soro para hidratação. Se necessário, os pacientes serão transferidos para internação hospitalar. A cidade declarou na segunda-feira situação de emergência devido ao forte aumento dos casos de dengue.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, “O Rio registrou 11 mil casos de dengue apenas em janeiro. Tivemos 360 internações na cidade, o que tem um impacto significativo na rede de saúde. Por isso, estamos aumentando nossa capacidade de atendimento e encorajamos qualquer pessoa com sintomas de dengue a procurar uma unidade básica de saúde ou um dos nossos centros de atendimento”.

Fonte: Agência Brasil.

Fonte: https://portalmanausalerta.com.br/ministerio-define-esta-semana-calendario-de-vacinacao-contra-dengue/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *