[email protected]

cropped-logo-1
Pesquisar

Comunidades tradicionais do Amazonas são empoderadas para o turismo sustentável em nova iniciativa.

Foto: divulgação

Manaus, AM – A Universidade Nilton Lins, reconhecendo a importância da educação para comunidades tradicionais no Amazonas, está causando um impacto significativo no cenário educacional e socioeconômico dessas áreas. Logo no fim do ano, um total de 20 moradores das Reservas de Desenvolvimento Sustentável do Rio Negro e do Uatumã serão graduados no curso de Gestão de Turismo.

Esta iniciativa pioneira, lançada em 2022 em colaboração com a Fundação Amazônia Sustentável, facilita a aprendizagem à distância, tornando o ensino superior mais acessível para aqueles que se encontram fora dos grandes centros urbanos. A universidade também fornece bolsas de estudo como parte deste projeto inovador.

O foco do curso na Nilton Lins é capacitar as comunidades tradicionais na gestão do turismo de base comunitária e no estímulo ao empreendedorismo local. Além disso, os estudantes são incentivados a identificar oportunidades de negócios, principalmente nas áreas de alojamento, turismo, restaurantes e outros serviços já oferecidos informalmente.

João Emanuel, coordenador e professor do curso de Turismo na Nilton Lins, sublinha o papel transformador da educação como chave para abertura de oportunidades para a população do Amazonas. Ele também destaca o benefício que a qualificação traz para as comunidades participantes.

“Nossa intenção é fornecer habilidades essenciais para a gestão de empreendimentos turísticos, que poderão gerar uma base econômica sólida e criar empregos em meio prazo. Além disso, nosso curso enfatiza a valorização das ricas tradições culturais dessas comunidades”, enfatiza o professor.

Preocupação ambiental também é um tópico abordado no curso, destaca Emanuel. “Atividades que atraem visitantes, como a pesca artesanal e passeios pela floresta, rios e praias, só são viáveis quando existe um profundo respeito pela fauna, flora e sustentabilidade.”

O programa de estudos do curso inclui disciplinas essenciais como gestão de equipe, empreendedorismo, cultura e patrimônio, assim como gestão de eventos. Com a formatura da primeira turma ao virar da esquina, o foco agora é expandir o projeto para outras comunidades tradicionais do interior do estado.

Estas informações foram fornecidas pela assessoria.

Confira outras notícias:

Nova BMW R 1300 GS começará a ser fabricada em Manaus em fevereiro

Petrobras anuncia redução de 2% no preço do gás natural

Agricultores do Amazonas recebem mais de R$ 1 milhão em implementos agrícolas.

Fonte: https://emtempo.com.br/220390/economia/iniciativa-empodera-comunidades-tradicionais-para-o-turismo-sustentavel-no-amazonas/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *