[email protected]

cropped-logo-1
Pesquisar

Barco achado no Pará tinha como destino Ilhas Canárias, informa Polícia Federal

Foto: divulgação

A Polícia Federal (PF) avaliou que o destino final pretendido para a embarcação localizada na costa do Pará, no último sábado (13), seria as Ilhas Canárias, localizadas na Espanha. Este arquipélago é comumente utilizado como um caminho migratório essencial para aqueles que buscam adentrar no continente europeu. De acordo com os insights fornecidos pela PF, há fortes indícios de que a origem da embarcação seja a Mauritânia, na África, e que, de forma inesperada, tenha sido desviada por uma corrente marítima em direção ao Brasil.

Ao explorarem a embarcação, as autoridades descobriram nove corpos, levando à estimativa pela PF de que, no mínimo, 25 indivíduos estivessem a bordo do barco, que aparentava ter sido construído de maneira rudimentar, desprovido de leme, motor ou qualquer forma de sistema de direção. “Foram identificados nove corpos, oito dos quais estavam dentro da embarcação e um nono corpo foi encontrado nas proximidades, indicando possivelmente fazer parte do mesmo conjunto de vítimas”, declarou a PF.

Uma análise preliminar feita em colaboração com a Polícia Científica do Pará sugeriu que os documentos e objetos pessoais encontrados com os corpos pertenciam a migrantes provenientes do continente africano, especificamente da região da Mauritânia e Mali, embora as vítimas possam ter outras nacionalidades.

A PF compartilhou também um episódio antecedente, ocorrido em 2021, onde três corpos em estágio avançado de decomposição foram localizados em uma embarcação à deriva no litoral do Ceará, nas proximidades da capital, Fortaleza.

Esta informação é cortesia da Agência Brasil.

Fonte: https://folhadesorocaba.com.br/de-volta-sorocaba-reinaugura-unidade-do-sabe-tudo-conect-apos-anos-de-inatividade/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *